Estamos ansiosos pelo seu contato!

Nos acompanhe:

contato@austertec.com

+55 55-997316556

Av. Roraima, 1000 (UFSM) -Incubadora Pulsar, Casa nº 60V
Santa Maria, Rio Grande do Sul

  • Branca Ícone LinkedIn
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon

O QUE É?

       As perdas de produtividade na cultura de soja causadas por fitonematoides podem chegar a mais de 50% nas áreas infestadas, podendo em alguns casos haver até mesmo perda total do cultivo. O maior problema quando falamos sobre fitonematoides é a dificuldade e custos altos do manejo, sendo impossível eliminar por completo sua população, porém esta pode ser reduzida a níveis menos nocivos ou insignificantes, quando manejada de forma adequada.

       A tecnologia de sensoriamento remoto proporciona uma ferramenta valiosa para a detecção e tomada de decisões no manejo de fitonematoides, uma vez que permite a realização do georreferenciamento preciso das áreas infestadas, bem como sua medição e avaliação da severidade dos danos.

       A Auster reuniu o que há de melhor em termos de mapeamento aéreo, processamento de imagens e geoprocessamento, podendo auxiliar o produtor na tomada das melhores decisões de acordo com a tecnologia disponível na propriedade. Fornecemos recomendações e prescrição de insumos de maneira otimizada, sempre garantindo o melhor custo-benefício entre a eficiência do tratamento e o custo dos insumos. Nossas experiências até o momento demonstraram uma economia média de 70% no custo dos insumos necessários.

COMO FUNCIONA?

       O funcionamento do serviço é bem simples:

 

Primeiro a equipe da Auster faz uma visita à propriedade e sobrevoa a área com uma aeronave equipada com uma câmera especialmente produzida para o monitoramento de vegetação.

 

Após isso, as imagens são processadas e analisadas na sede da empresa e é gerado o mapa de severidade com a localização das infestações de fitonematoides. 

 

 

 

 

Com o mapa de severidade em mãos, é feita a coleta de amostras de solo e raiz nos locais de interesse.

 

Os resultados da análise são então apresentados ao cliente em uma reunião presencial e é definido um plano de manejo para realizar o controle dos patógenos.

Por fim, a Auster gera arquivos de prescrição compatíveis com o maquinário disponível para realizar a aplicação dos insumos na taxa ideal e apenas nas áreas onde há necessidade. O cliente conta com o apoio técnico da Auster em todas as etapas do processo, do sobrevoo às aplicações de insumos. 

 

QUANTO CUSTA?

       O processo todo, do sobrevoo e coleta de amostras até as prescrições dos insumos e recomendações de manejo, possuem os seguintes custos: 

A partir de R$ 20,00 por hectareCustos de logística.

EXEMPLO DE APLICAÇÃO:

       O controle prático dos fitonematoides envolve a integração de várias medidas de manejo. Dentre estas, as principais são a rotação de culturas, alqueive, uso de plantas antagonistas, utilização de matéria orgânica, variedades resistentes, além da utilização de produtos de controle biológico ou químico.

        Veja abaixo um caso de uso da técnica de manejo integrado na aplicação de esterco (matéria orgânica):

LOCAL: Fortaleza dos Valos, RS

CUSTO DO INSUMO (1 TON): R$ 180,00

ÁREA TOTAL: 18 hectares

ÁREA AFETADA PELA PRAGA: 8.69 hectares (47% do total)

TAXA MÁXIMA PRESCRITA: 6.250 Kg/hectare (infestação de alta severidade)

TAXA MÍNIMA PRESCRITA: 380 Kg/hectare (áreas sadias)

CONCLUSÕES:

TOTAL DE INSUMO LANÇADO: 32 toneladas

TOTAL NECESSÁRIO PELO MÉTODO DE MANEJO CONVENCIONAL: 112 toneladas

ECONOMIA OBTIDA: R$ 14.400,00 (71 % de economia em relação ao método convencional)

VOCÊ POSSUI PROBLEMAS COM NEMATOIDES?

Seta retorno.png

DESCREVA SUA NECESSIDADE E ENTRAREMOS EM CONTATO